Doçura natalícia
Todos esperamos ansiosamente as doçuras natalícias
Cheios de vontade de comer como se não houvesse amanhã
E porquê?
Não há razão para tanto doce
Tanto exagero
Porque exageramos tanto no natal
Somos obrigados ou queremos?
Eu diria que fomos habituados a viver num exagero natalício sem sentido
Não faz sentido nenhum
Empanturramo-nos de doces, guloseimas ou seja o que for
Não podemos viver o ano inteiro com remorsos do ultimo natal
Que tal enchermo-nos de amor a transbordar
Um exagero de amor para todos
Sem ser os que nos estão próximos
Mas para todos
Afinal a casa não é a mesma?
Alguém vive em Marte?
Bem se calhar ainda aparece alguém
Por bem sejam adoráveis uns para os outros este natal
E quem sabe não passam a gostar da sensação
E passam a ser adoráveis o ano todo 🙂

Powered by Journey.
Anúncios